0

Enter your keyword

Plano de Saúde ou Iphone, eis a questão

Plano de Saúde ou Iphone, eis a questão

Plano de Saúde ou Iphone, eis a questão

Vindo de uma pessoa que não tem plano de saúde (eu). Sempre me incomodou muito ver tanta gente bradando “DIRETCHU”  pra lá e pra cá, para demandar o trabalho alheio. Não existe isso de gratuito, alguém trabalhou para bancar o que você recebe como “de graça”.

Mas uma coisa que noto, em todas classes sociais, diga-se de passagem, é essa mania do brasileiro médio de querer ter “o bolo e comer ao mesmo tempo”. Ela quer devorar cada pedaço, sem nunca diminuir um cm. do mesmo. É bizarro.

Quantas vezes não vimos pessoas se sacrificando em parcelas absurdas para comprar aquele carro do ano, ou mesmo que não seja o do ano: mas de um modelo, marca, acima do que é estritamente necessário… quantas e quantas pessoas não andam com um celular no bolso que pagariam facilmente uns 50% (ou mais) de uma moto…. talvez 20% de um corsa 98/99? Mas não… iphone do ano é prioridade…

Depois reclamam que nunca possuem nada: gastam tudo em vaidade que no brasil custa mais caro, custa até a alma, no país do juros.  Eu sou livre disso? Não, já cometi meus erros, mas hoje vivo como um eremita ascético, não por querer, mas por não poder viver de outro modo. Faço sacrifícios, muitas vezes caros demais, ainda mais se contrastado com quem vive sem pensar no amanhã.

Poucos entendem a luta que é não culpar terceiros, ou até mesmo o governo (responsável por nos entregar tal destino no brasil). Mas a verdade é: se sua situação está ruim, e você não suporta viver mais dessa forma, ou você cria juízo e se tira dessa, posterga gratificações e luxos fora do seu alcance. Ou vai ser escravo da sua própria vontade….

Eu amo o capitalismo, amo o consumismo…mas no brasil isso não existe. Temos um resquício disso; se você puder poupe, fuja das amarras…invista em algo… Viaje, compre de fora, não abasteça a indústria hedionda do brasil que precisa de seu sangue e sua alma para funcionar…. A taxação previne o pobre de subir de vida, empreender, ter o básico do básico.  Quem não enxerga isso é cínico…e quem te dá um cartão de crédito (dívida) para saciar sua vontade imediata não quer ver o seu melhor, que te usar e te condenar no ciclo de escravidão financeira que vitima gerações e gerações no brasil. Um povo sem educação financeira está fadado ao fracasso. Elementar. Mas quem vai dizer essas duras verdades na terra da egolatria?

Nós. Nós vamos.

Já passou por algo ruim? Financiamento, dívidas de faculdade, carro? Comente abaixo. Eu já fiz todo o calvário, only pain, no gain.  Mas a minha luta continua, não está sendo fácil. Mas sigo perseguindo a verdade e meus objetivos, quem quiser seguir do meu lado, seja bem vindo, tem espaço de sobra

No Comments

Post a Comment

Your email address will not be published.